Inovação e Rentabilidade na Cotonicultura

11 congresso do algodão

Maceió-AL 29/8 a 1/9/2017
Centro de Convenções de Maceió

Local

Caminhos do São Francisco

Rio São Francisco

AVENTURA NO SERTÃO DE ALAGOAS

Para o participante do 11º CBA, uma opção fora do tradicional sol e mar, é embarcar numa viagem de descoberta, com ingredientes de aventura, história e belezas naturais. O destino, ou destinos, fazem parte do roteiro Caminhos do São Francisco, no sertão alagoano, que guarda trilhas em sítios arqueológicos, escaladas, rapel, canoagem e a rota do cangaço. E ainda tem muito artesanato para comprar nesses caminhos.

O roteiro completo exige mais que um dia, de forma que o final de semana subsequente ao congresso é estratégico para quem escolher esse programa. Para os interessados, a Elite Travel, agência de viagens oficial do 11º CBA, dará toda a assistência necessária.

Do cânion à foz

Pela região correm as águas do São Francisco, um dos mais importantes rios do Brasil e da América do Sul, celebrizado na novela “Velho Chico”. O rio banha cinco estados, define a divisa entre Alagoas e Sergipe, influencia e economia e leva identidade e beleza às comunidades e cidades em suas margens, contrastando com os cenários do sertão.

Desde a sua foz, em Piaçabuçu, até a última cidade da rota - Delmiro Gouveia -, Caminhos do São Francisco abrange 12 cidades de Alagoas, onde o Velho Chico carrega em seu leito passeios encantadores, banhos, mergulhos e aventuras incríveis.

Clique na cidade e confira seus atrativos

mapa

Piaçabuçu (142,2 km de Maceió)

Em Piaçabuçu, o encontro das águas do Rio São Francisco com o Oceano Atlântico oferece uma paisagem magnífica de ilhas, mangues e coqueirais na rota de um passeio de escuna ou catamarã até a Foz.

A bucólica e charmosa cidade às margens do rio também é conhecida pelos quilômetros de praias que oferece aos visitantes, como a praia do Pontal do Peba. As dunas douradas são irresistíveis, seja para uma descida em prancha ou para um sobrevoo em parasail. Para comprar, destaca-se o artesanato confeccionado à base de palha. O endereço é o Mercado de Arte.

praia de Piaçabuçu
praia de Piaçabuçu
praia de Piaçabuçu

Penedo (149,4 km de Maceió)

Não muito longe, rio acima, fica a cidade de Penedo, um lugar mágico, com natureza previlegiada, emoldurando o São Francisco. Penedo tem séculos de história para contar, por meio de um conjunto arquitetônico colonial formado por praças, casarios, conventos e igrejas tombados pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Há muito artesanato para se encantar e comprar. Das rendas dos tipos redendê e bilro aos bordados filé, trabalhos em patchwork e trançados de fibras vegetais derivadas de coqueiros, bananeiras, cipó e da palmeira ouricuri - transformadas em cestas, tapetes, esteiras, chapéus e outros produtos -, uma infinidade de peças estão à espera do visitante.

igreja de penedo
igreja de penedo
artesanato
filé

Piranhas (274 km de Maceió)

Um pouco mais distante, sempre rio acima, chega-se à Piranhas. A cidade, outro patrimônio histórico e artístico nacional, oferece, além do seu conjunto arquitetônico colonial, a entrada para a rota do cangaço, uma caminhada que leva à Grota dos Angicos, na caatinga, local onde foram mortos Lampião, Maria Bonita e nove cangaceiros.

Para explicar melhor a história do cangaço, o Museu do Sertão, no edifício original da Estação Ferroviária de Piranhas, construído em 1879, abriga objetos, armas, fotos, utensílios e vestimentas originais de Lampião, Maria Bonita e seu bando. Em Piranhas, pode-se ainda conhecer a Hidrelétrica de Xingó e tirar belas fotos das barragens, do vertedouro e turbinas. Pode-se também comprar artesanato em renda do tipo redendê, característico da região.

cidade de piranhas barragem de piranhas
barragem de piranhas
foto de cangaceiros

Olho D’Água do Casado (271 km de Maceió)

Pequena mas cheia de encantos, a cidade convida para um delicioso banho no Riacho do Talhado e passeios em seus diversos sítios arqueológicos em meio à vegetação, com pinturas e gravuras rupestres registrando a presença humana na região, milhares de anos atrás. Os sítios arqueológicos também estão presentes nas cidades vizinhas de Pão de Açúcar e Delmiro Gouveia.

Olho D’Água do Casado oferece também um acesso ao Mirante do Talhado, que faz parte do conjunto de atrações de Delmiro Gouveia.

olho d´agua do Casado
Olho D’Água do Casado
Olho D’Água do Casado

Pão de Açúcar (230 km de Maceió)

Quem chega a Pão de Açúcar para desfrutar o aconchego e sossego do interior, não resiste a uma subida ao alto da estátua de Cristo, para se encantar com uma das melhores vistas do Rio São Francisco.

A cidade é conhecida pelo artesanato, principalmente em madeira, que inclui móveis e esculturas, entre as quais destacam-se as famosas Carrancas do São Francisco.

olho d´agua
Pão de Açúcar barquinhos
renda
bordado
carranca

Delmiro Gouveia (283 km de Maceió)

A CIDADE MAIS PROCURADA

Importante cidade do sertão de Alagoas, Delmiro Gouveia deixou sua marca na história de desenvolvimento da região, com a construção da primeira usina hidrelétrica do Nordeste.

É a cidade mais procurada pelos atrativos que reúne: trilhas, sítios arqueológicos, passeios de canoagem pelo Velho Chico, rapel e escaladas nos cânions, com altura de 40 metros, são experiências únicas e inesquecíveis. Mais inesquecível é o passeio à famosa Gruta do Talhado, adentrando de canoa, lentamente, entre paredões e paisagens deslumbrantes.

igreja

Água Branca (308,7 km de Maceió)

O calor do alto sertão alagoano desaparece no cair da noite. Uma das cidades mais antigas de Alagoas, Água Branca é conhecida pelo friozinho agradável, pelo artesanato e pela charmosa arquitetura colonial. O centro histórico, na principal praça da cidade, e o calçamento em toda extensão relembram o rico passado do lugar.

Os engenhos são outra atração de Água Branca. A cachaça, um dos símbolos da história e cultura do Brasil, tem uma relação muito forte com Alagoas, que é um dos principais estados produtores do Nordeste.

imagem da aera da cidade
igreja
canavial
alambique
cahcaça

ACESSOS

Para chegar aos Caminhos do São Francisco, o melhor acesso, saindo da capital Maceió, se dá pela rodovia AL 101 Sul, e em seguida AL 220. Ambas as estradas contam com estrutura adequada e pavimentação durante o percurso.

VELHO CHICO DO ALTO

Para ver do alto as belezas do Velho Chico e das cidades ribeirinhas, pode-se também optar por passeios panorâmicos de helicóptero. Eles oferecem sobrevoo pelos Cânions do Talhado, Rio São Francisco, Barragem de Xingó, Hidrelétrica de Xingó e Centro Histórico da cidade de Piranhas. Os pacotes são oferecidos por operadores turísticos locais.

Fonte: http://turismoalagoas.com/destino/caminhos-do-sao-francisco/

PROGRAME SEU PASSEIO COM A ELITE TRAVEL

A equipe Elite Travel prestará toda a assessoria para você não perder o melhor dos Caminhos de São Francisco

log da elite travel

Agência de viagens oficial do 11º CBA



O melhor de Alagoas



‹ Voltar
twitter
facebook
instagram
flickr

Realização

Apoio

Apoio Científico

Parceiro



Agência de Viagens Oficial

Secretaria Executiva



Cota Ouro

Cota Prata

Cota Bronze



Cota Cobre

Gerenciado por

gruv