Conhecimento, ferramentas e produtos são o que a empresa de nutrição de plantas Yara levou para o 12º Congresso Brasileiro do Algodão (12ºCBA), que está sendo realizado desde a terça-feira (27/08) até a quinta-feira (29), no Centro de Convenções de Goiânia/GO. O congresso é uma iniciativa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), e acontece a cada dois anos. Um público de mais de 2,1 mil congressistas participa do evento, o maior número em todas as edições. A companhia norueguesa retorna ao congresso com um programa totalmente voltado à pluma, batizado de “Mais Fibra”, e aproveita a oportunidade para apresentar as novidades do momento, que consideram a “hora e a vez dos fertilizantes”.

“Na cultura do algodão, o único insumo tangível capaz de elevar o teto produtivo é a adubação. Todos os demais mantém ou evitam perdas. Quem faz o potencial genético se expressar é a nutrição”, diz o responsável pelo Mais Fibra, Leonardo Soares, que destaca o investimento em geração e difusão do conhecimento como um dos pilares da companhia. Por isso, a participação no 12º CBA é estratégica para a Yara.

“O CBA está em linha com o nosso DNA, que é moldado no conceito do conhecimento que faz crescer, (Knowledge Grows). Este é um evento que vai além do estritamente acadêmico, e que também alcança toda a cadeia produtiva do algodão, desde quem gera até quem aplica o conhecimento. Estar presente faz todo sentido para nós. Encaramos o congresso como uma Copa do Mundo, só que ele acontece a cada dois anos, porque o conhecimento se renova muito rapidamente”, afirma Soares.

“A Abrapa fica muito satisfeita quando um patrocinador retorna ao CBA, pois isso significa que ele considera o evento importante, acredita e investe. Agradecemos à Yara por estar conosco, trazendo novidades e testemunhando o grande sucesso que este evento está sendo”, afirma Milton Garbugio, presidente da Abrapa.

Imprensa Abrapa/ 12º CBA

Catarina Guedes – Assessora de Imprensa

(71) 9 8881- 8064