Ainda faltam muitos meses para o 12º Congresso Brasileiro do Algodão (12º CBA), mas a JH Sementes, empresa localizada no município baiano de Correntina, já prepara a estratégia para estrear em grande estilo no evento. Esta é a primeira vez que a companhia participa do Congresso com um estande, embora seu time não perca uma só edição, desde o princípio.O CBA tem à frente a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) e é o maior encontro da cadeia produtiva do algodão no Brasil. Em 2019, ele será realizado no Centro de Convenções de Goiânia, entre os dias 27 e 29 de agosto, e tem como tema central “A cotonicultura como vitrine para a agricultura do amanhã”.

De acordo com o diretor comercial da JH Sementes, o engenheiro agrônomo Nilton Souza, além do fato do congresso ficar maior e melhor a cada ano, a escolha por Goiânia para ser a sede da décima segunda edição foi determinante para a decisão de se tornarem expositores. “Geograficamente, o CBA vai acontecer próximo dos principais polos de produção de algodão. Isso contribui para a presença forte dos produtores”, argumenta Souza. Ele diz ainda que a relevância dos temas que são debatidos, a seriedade e a organização também tiveram peso na hora de fechar o contrato. “Temos certeza de que será um ótimo investimento”, afirma.

O presidente do 12º CBA e vice-presidente da Abrapa, Milton Garbugio, relembra que a quase totalidade dos espaços disponíveis para expositores foi reservada já no lançamento, que aconteceu entre os dias 21 e 23 de agosto deste ano em São Paulo. “Ficamos muito felizes com o resultado, principalmente, quando vemos o interesse de empresas que estão participando pela primeira vez, como a JH Sementes. Temos certeza de que a companhia terá uma experiência positiva, alcançando os seus objetivos no CBA”, conclui Garbugio.

10.10.2018
Imprensa 12º CBA
Catarina Guedes – Assessora de Imprensa
(71) 9 8881-8064


www.abrapa.com.br