Live de Esquenta apresenta novidades do 13º CBA

materia1

Evento contou com participação especial do CEO e cofundador do Grupo Reserva, Rony Meisler

Começou a contagem regressiva para o 13º Congresso Brasileiro do Algodão, que acontecerá entre 16 e 18 de agosto de 2022, em Salvador/ BA. A largada foi dada nesta sexta-feira (27), em uma live realizada pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

O chamado Esquenta CBA, transmitido pelo youtube da entidade, mostrou o local do próximo congresso – o incrível Centro de Convenções de Salvador – apresentou os patrocinadores parceiros e antecipou algumas atividades da programação. A próxima edição do maior encontro nacional do setor terá como tema Algodão Brasileiro: Desafios e Perspectivas no Novo Cenário Mundial.

Realizado desde 1997, o CBA apresenta, a cada dois anos o que há de mais recente em pesquisa e tecnologia para o cultivo do algodão e debate demandas e rumos do setor. Em 2022 não será diferente. “Avaliamos que a sustentação da cadeia produtiva do algodão passa por um setor forte, capaz de resolver os principais desafios, a fim de produzir, de forma sustentável, uma fibra adequada aos nossos mercados compradores”, afirmou o coordenador-geral da Comissão Científica do 13º CBA, Jean Belot.

A próxima edição do Congresso contará com 24 salas temáticas e 5 workshops. Para garantir que a programação responderá às maiores preocupações do setor, os temas estão sendo definidos a partir de uma pesquisa realizada junto a todos os atores da cadeia produtiva do algodão. Como nos eventos anteriores, o 13º CBA também incentivará a produção científica por meio de uma premiação para os melhores trabalhos de estudantes, professores e pesquisadores de instituições de todo o País.

Bate-papo sobre algodão e varejo

Rony Meisler, CEO e cofundador do Grupo Reserva, foi o convidado especial do Esquenta CBA.  Em um bate-sobre algodão e varejo com o presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, Meisler falou sobre o compromisso da empresa com a sustentabilidade e sobre a parceria com a entidade. A Reserva é a marca parceira de número 500 do Sou de Algodão, movimento que incentiva a moda consciente e o consumo responsável. “A questão da sustentabilidade cada vez menos será uma opção, ela é imperativa. Isso já nasceu com a Reserva”, disse Meisler, destacando que a empresa prioriza matéria-prima e confecções nacionais.

“Apesar de sermos de mundos diferentes, temos uma coisa que nos une, que é a preocupação com a sustentabilidade e a transparência”, destacou Júlio Busato. Além do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR), que certifica a adoção de boas práticas sociais, ambientais e econômicas nas fazendas e algodoeiras, o setor se prepara para um projeto rumo à cotonicultura carbono zero. “Em parceria com a Embrapa e universidades, já estamos medindo quanto CO2 aprisionamos no solo através da incorporação de matéria-orgânica no cultivo de algodão”, contou o presidente da Abrapa. Ressaltou, ainda, que o Brasil é campeão mundial no uso de defensivos agrícolas de origem biológica.

O CEO da Reserva elogiou as iniciativas e disse ter orgulho da parceria com a Abrapa. “Vocês foram absolutamente geniais na construção de uma marca que nos aproxima do consumidor final. Existe um preconceito de que o agro é mau, o que é um absurdo”, ponderou. “Iniciativas como o Sou de Algodão desmistificam essa questão de uma maneira belíssima”, avaliou Meisler. “Nosso propósito é cuidar, emocionar e surpreender nossos stakeholders todos os dias, entre eles nossa comunidade, nossos consumidores e nossos colaboradores. Na parceria com a Abrapa estamos cuidando deles, causando o menor dano possível ao meio ambiente”, ressaltou.

Meisler e Busato aproveitaram a oportunidade para contar um pouquinho sobre uma novidade que será anunciada na Semana do Dia Mundial do Algodão, em outubro.  “Em parceria com a Abrapa, a Reserva vai ser a primeira empresa do Brasil a dar transparência a toda a cadeia de fornecimento. Um projeto de rastreabilidade que vai do algodão ao varejo é absolutamente transformador, muito obrigado à Abrapa por ter nos escolhido”, comemorou o CEO da Reserva. “Nós nos escolhemos”, disse Busato. “Seremos os primeiros do mundo a fazer isso. Juntos, Abrapa e Reserva vão dar o exemplo”, completou.

No final do Esquenta CBA, Júlio Busato revelou a grande atração do aguardado show de encerramento da 13º edição do evento: a dupla Fernando e Sorocaba. “Teremos o melhor congresso de todos os tempos”, garantiu o presidente da Abrapa.

Leave a comment

X